milho

mi.lho
ˈmiʎu
nome masculino
1.
BOTÂNICA (Zea mays) planta herbácea de origem americana, da família das Gramíneas, pode atingir cerca de quatro metros de altura e apresenta colmo robusto e folhas onduladas que se usam para forragem, flores masculinas dispostas em panículas terminais e femininas em espigas axilares e cariopses de coloração esbranquiçada, amarela ou avermelhada [existem diversas variedades cultivadas em todo o mundo, sobretudo pelos seus grãos nutritivos, utilizados em culinária, na produção de farinha e de óleo alimentício, entre outros fins]
2.
grão (cariopse) dessa planta, de formato arredondado e base em forma de cunha, que constitui a base alimentar em algumas culturas
3.
popular dinheiro
4.
CULINÁRIA plural cozinhado usado em Trás-os-Montes que, à semelhança do arroz, pode constituir prato ou simples acompanhamento e se prepara com milho pouco moído e toucinho ou chouriço de carne e legumes, tudo cortado em pedaços muito pequenos
adjetivo
diz-se da farinha feita de milho ou da palha de milho
dinheiro como milho
muito dinheiro
Do latim milĭu-, «milho»
milho
forma do verbo milhar
1.ª pessoa do singular do presente do indicativo de milhar
Como referenciar: milho in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-18 03:30:06]. Disponível na Internet:

PROVÉRBIOS

  • Em agosto deve o milho ferver no caroço e a castanha no ouriço.
  • Em agosto ferve o milho na espiga.
  • Milho entre a vinha, enche a adega e a cozinha.
  • Milho ralo faz o dono cavalo e milho basto faz o dono andar de rasto.
  • O milho plantado tarde, não dá palha nem espiga.
  • O milho pelo São João deve cobrir um cão.
  • O primeiro milho é dos pardais.
  • Quem passarinhos receia, milho não semeia.
VER +