noite

noi.te
ˈnojt(ə)
nome feminino
1.
espaço de tempo entre o momento em que o Sol se põe e em que nasce; tempo em que o Sol está abaixo do horizonte
2.
obscuridade que caracteriza esse espaço de tempo; escuridão
3.
coloquial atividades de divertimento e lazer realizadas durante esse período de tempo; vida noturna
4.
período noturno em que se comemoram festividades
5.
figurado tristeza
6.
figurado morte
7.
figurado ignorância
noite e dia
incessantemente
a altas horas da noite
a uma hora adiantada da noite, muito tarde
ao cair da noite
quando se faz noite
boa noite!
saudação feita à noite
de noite todos os gatos são pardos
de noite todas as coisas parecem ter a mesma cor
passar a noite em claro/branco
passar a noite sem dormir, não adormecer durante toda a noite
pela calada da noite
quando tudo está em silêncio
Do latim nocte-, «idem»
Como referenciar: noite in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-26 15:40:42]. Disponível na Internet:

PROVÉRBIOS

  • A noite é boa conselheira.
  • À noite todos os gatos são pardos.
  • A quem corre uma noite fria para me encontrar, muito amor tenho que lhe dar.
  • Arrebóis de manhã trazem água à noite; arrebóis à noite trazem sol de manhã.
  • Boa noite após mau tempo, traz depressa chuva ou vento.
  • De noite, à candeia, parece bonita a feia.
  • De noite, à vela, a burra parece donzela.
  • De noite deita o teu gado na terra do teu prado.
  • De noite todos os gatos são pardos.
  • Dia de maio, dia de má ventura; ainda é de manhã, logo é noite escura.
  • Em dia de Santa Luzia, cresce a noite e minga o dia.
  • Em tempo de cuco, pela manhã molhado e à noite enxuto.
  • Laranja de manhã é oiro, ao meio-dia é prata, à noite mata.
  • Lua à tardinha com anel, dá chuva à noite a granel.
  • março, marçagão, manhã de inverno, tarde de rainha, noite corta que nem foicinha.
  • março, marcegão, manhã de inverno, tarde de rainha, noite corta que nem foicinha.
  • Moeda falsa de noite passa.
  • O que se faz de noite vê-se de dia.
  • O sol quando nasce é rei, ao meio dia é morgado, de tarde está doente, à noite sepultado.
  • Por São Matias, noites iguais aos dias.
  • Por São Tomé, todo o tempo noite é.
  • Por Santa Luzia, igual é a noite ao dia.
  • Prata falsa, de noite passa.
  • Quando o vento ronda o mar na noite de São João, não há verão.
  • Quem casa por amores, maus dias, noites piores.
  • Quem ceia e logo se vai deitar, má noite vai passar.
  • Quem dorme sem ceia, toda a noite esperneia.
  • Quem tem rocim e barregã, tem má noite e pior manhã.
  • Santa Lúcia, cresce a noite mingua o dia.
VER +