ˈpɛ
nome masculino
1.
ANATOMIA segmento distal do membro inferior do homem (ou posterior de outros animais) que se articula com a extremidade inferior da perna
2.
nome extensivo a grande número de órgãos de locomoção dos animais
3.
pata; chispe
4.
parte ou peça que serve para sustentar certos móveis e utensílios
5.
unidade de comprimento do sistema inglês e americano equivalente a 30,480 cm
6.
cabo de um utensílio
7.
planta completa
8.
haste; tronco; raiz
9.
LITERATURA unidade métrica de verso grego ou latino que consta de duas até quatro sílabas
10.
figurado motivo; razão; pretexto
11.
figurado estado de um negócio, de um assunto
12.
parte inferior de livro ou de página
13.
(mar, piscina, etc.) profundidade da água face à altura de uma pessoa, estando esta com os pés assentes no fundo e a cabeça fora de água
14.
o que resta da uva após ter sido extraído o primeiro vinho
15.
depósito que se forma no vinho e noutros líquidos fermentados; borra
pé ante pé
devagarinho, na ponta dos pés, cuidadosamente
MEDICINA pé chato
deformidade caracterizada pela inexistência ou achatamento da abóbada plantar
pé de talude
aresta inferior de um talude
Brasil coloquial pé quente
pessoa que parece trazer a boa sorte consigo
pés de lótus
pés muito pequenos, considerados em certas culturas como um atributo de beleza feminina e que se conseguem enfaixando-os desde criança de forma a que não cresçam para além dos 10 centímetros (foi, no passado, uma prática corrente na China)
a pé firme
obstinadamente, com firmeza
a pé quedo
sem se mexer
andar a pé
deslocar-se sem utilizar meio de transporte
ao pé da letra
literalmente, em sentido estrito, rigorosamente
ao pé de
junto de, muito perto de
bater o pé
insistir, teimar
cair de pé
sofrer derrota sem perder a honra ou a dignidade (geralmente após oferecer grande resistência)
do pé para a mão
de um momento para o outro, rapidamente, inesperadamente
em pé de guerra
com os ânimos exaltados, com grande agitação
em pé de igualdade
em situação idêntica, no mesmo nível
DESPORTO gíria encher o pé
chutar com força
entrar/começar com o pé direito
entrar/começar bem
entrar/começar com o pé esquerdo
entrar/começar mal
estar de pé atrás
estar prevenido, estar desconfiado
meter os pés pelas mãos
confundir-se ao fazer ou dizer alguma coisa, atrapalhar-se
não arredar pé
não se deslocar, não mudar de opinião, não ceder
não chegar aos pés de
ser muito inferior a
negar a pés juntos
negar com firmeza
perder o pé
1.
deixar de ter os pés assentes no fundo (do mar, de piscina, etc.), por ter altura inferior à profundidade da água
2.
figurado perder o controlo de situação
pôr os pés à parede
obstinar-se
ter pé
conseguir assentar os pés no fundo (do mar, de piscina, etc.), por ter altura superior à profundidade da água
ter os pés (bem assentes) na terra
ser realista, ser objetivo
ter pés de barro
ser frágil ou vulnerável, apesar da aparência segura
Do latim pede-, «idem»
ANAGRAMAS
Porto Editora – no Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-11-28 12:20:37]. Disponível em

PROVÉRBIOS

  • A doença vem a cavalo e vai a pé.
  • A légua pior de andar é a do pé da porta.
  • A verdade não tem pés e anda.
  • Ao pé da silveira padece a videira.
  • Ao pé do feto não busques a tâmara.
  • Ao vilão se deres o pé, toma-te a mão.
  • Barriga quente, pé dormente.
  • Cada cereja por seu pé prende.
  • Cada um busca a forma para o seu pé.
  • Chove tanto, que até os burros bebem de pé.
  • Debaixo dos pés, se levantam os calos.
  • Debaixo dos pés, se levantam os trabalhos.
  • Deus nos livre de maus vizinhos ao pé da porta.
  • Diz ao amigo um segredo, pôr-te-á os pés ao pescoço.
  • Fruta madura que fica no pé, passarinho bica.
  • Grande pé e grande orelha, sinal de grande besta.
  • Há sempre um chinelo para um pé doente.
  • Lá vão os pés, onde quer o coração.
  • Lua deitada, marinheiro de pé.
  • Macaco velho não põe pé em ramo seco.
  • Mão no peito, pé no leito.
  • Não custa andar a pé quando se leva o cavalo à rédea.
  • Não há pior ribeira de passar que a de ao pé da porta.
  • Nas unhas e nos pés semelharás de onde vens.
  • Nem o invejoso medrou, nem quem ao pé dele morou.
  • O pé do candeeiro é o pior iluminado.
  • Para onde o coração se inclina, o pé caminha.
  • Pé de galinha não mata pinto.
  • Pé de lavrador não calca seara.
  • Pé velhaco não precisa de sapato.
  • Pelo Santo André, pega-se o porco pelo pé.
  • Pés quentes, ventre livre, cabeça fria e desprezar a medicina.
  • Quem quiser medrar, viva no pé de serra ou no porto de mar.
  • Quem tem burro e anda a pé, mais burro é.
  • Sapato roto ou são, melhor é no pé que na mão.
  • Se queres que teu filho cresça, lava-lhe os pés e rapa-lhe a cabeça.
VER +