rabaça

ra.ba.ça
ʀɐˈbasɐ
nome feminino
1.
BOTÂNICA (Apium nodiflorum) planta herbácea, perene, da família das Umbelíferas, espontânea e frequente em Portugal (junto a charcos, leitos de cursos de água, etc.), tem caules eretos, cilíndricos, que podem atingir cerca de um metro de altura, com nós inferiores prostrados e enraizados, folhas compostas com segmentos ovados ou lanceolados e pequenas flores esbranquiçadas
2.
BOTÂNICA (Oenanthe crocata) [também no plural] planta herbácea, venenosa, da família das Umbelíferas, existente em Portugal (sobretudo nas margens de cursos de água ou em locais húmidos), tem caules eretos que podem atingir cerca de metro e meio de altura, flores brancas e aquénios cilíndricos de cor avermelhada, sendo também conhecida por arrabaça, embude, salsa-dos-rios, timbó, etc.
Do latim rapacĭa-, «folhas de rábano»
Como referenciar: Porto Editora – rabaça no Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-19 02:41:41]. Disponível em