santo

san.to
ˈsɐ̃tu
adjetivo
1.
diz-se daquele que a Igreja canonizou; canonizado; beatificado
2.
relativo à religião, aos rituais ou ao culto religioso; sagrado
3.
venerável; respeitável
4.
puro; imaculado
5.
inviolável
6.
diz-se dos dias santificados ou em que a Igreja proíbe o trabalho
7.
eficaz; benéfico; útil
nome masculino
1.
indivíduo que morreu em estado de santidade
2.
indivíduo que foi canonizado
3.
imagem de pessoa santificada
4.
variedade de trigo duro
5.
figurado pessoa extremamente bondosa
depreciativo santo de pau carunchoso
beato falso
HISTÓRIA Santo Ofício
Tribunal da Inquisição
RELIGIÃO Santo Padre
papa
santo sacrifício
missa
campo santo
cemitério
lugar santo
templo, igreja
(provérbio) santos da casa não fazem milagres
apreciam-se mais os estranhos do que os parentes
Do latim sanctu-, «idem»
ANAGRAMAS
Como referenciar: Porto Editora – santo no Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-23 18:36:27]. Disponível em

PROVÉRBIOS

  • A gente só se lembra de Santa Bárbara quando troveja.
  • A santos que não conheço, não lhes rezo, nem ofereço.
  • Adoram-se os altares por causa dos santos.
  • Com os parvos se parecem os santos.
  • Conforme o santo, assim a oferta.
  • De pai santo, filho diabo.
  • De Santa Catarina ao Natal, mês igual.
  • De Santa Luzia ao Natal, um salto de pardal, de Natal a janeiro, um salto de carneiro.
  • De Todos os Santos ao Advento, nem muita chuva nem muito vento.
  • De Todos os Santos ao Natal, bom é chover e melhor nevar.
  • Do Natal à Santa Luzia cresce um palmo o dia.
  • Dos Santos ao Natal, inverno natural.
  • Em dia de Santa Luzia, cresce a noite e minga o dia.
  • Enfeitam-se os altares por causa dos santos.
  • Enquanto há saúde, quedos estão os santos.
  • Hóspede em casa, dia santo é.
  • Lá vem agosto com seus santos ao pescoço.
  • O que não se faz no dia de Santa Luzia, faz-se no outro dia.
  • Os anjos não têm costas quando os santos estão por trás.
  • Os paus, uns nascem para santos, outros para tamancos.
  • Para baixo, todos os santos ajudam.
  • Passada a festa, esquecido o santo.
  • Patrão fora, dia santo na loja.
  • Pela Santa Marinha vai ver a tua vinha; como a achares, será a vindima.
  • Pela vigia conhece-se o santo.
  • Pelo Santo André, porco na polé.
  • Pelo Santo André, pega-se o porco pelo pé.
  • Pelos Santos, favas por todos os cantos.
  • Pelos Santos, neve nos campos.
  • Por amor dos santos se adoram os altares.
  • Por causa dos santos, adoram-se as pedras.
  • Por Santo Urbão, gavião na mão.
  • Por Santa Luzia, igual é a noite ao dia.
  • Porta aberta tenta um santo.
  • Quando não o dão os campos, não o dão os santos.
  • Quatro horas dorme o santo, cinco o que o não é tanto, seis o estudante, sete o caminhante, oito o porco e nove o morto.
  • Quem atura crianças, não guarda dias santos.
  • Santa Lúcia, cresce a noite mingua o dia.
  • Santa Tecla tem capelo, venta logo ou chove cedo.
  • Santos da Catalunha, olhos grandes, vista nenhuma.
  • Santos de casa não fazem milagres.
  • Só nos lembramos de Santa Bárbara quando troveja.
VER +