seco

/ê/
se.co
ˈseku
adjetivo
1.
privado de água ou de humidade; enxuto
2.
árido
3.
que não está verde; murcho
4.
diz-se dos alimentos que se podem conservar
5.
diz-se do fruto cujo pericarpo não é carnudo
6.
designativo do pão duro ou que se come sem acompanhamento
7.
diz-se do vinho que contém até 4 gramas por litro de açúcar residual
8.
magro; descarnado
9.
figurado ríspido; severo; desabrido
10.
figurado insensível
11.
figurado esgotado
nome masculino
1.
baixio de areia que a vazante deixa a descoberto
2.
plural géneros alimentícios que não são líquidos, como os cereais, feijão, etc.
a seco
sem alimentação, diz-se do salário que não inclui alimentação
em seco
fora de água
engolir em seco
não obter o que se desejava, calar-se
vinho seco
vinho de boa qualidade, forte e muito pouco açucarado
Do latim siccu-, «idem»
seco
forma do verbo secar
1.ª pessoa do singular do presente do indicativo de secar
particípio passado de secar
Como referenciar: seco in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-15 00:24:47]. Disponível na Internet:

PROVÉRBIOS

  • Invernia em janeiro e seca em abril, deixa o lavrador a pedir.
  • Lua nova trovejada, ou bem seca ou bem molhada.
  • Macaco velho não põe pé em ramo seco.
VER +