vejo
forma do verbo ver
1.ª pessoa do singular do presente do indicativo
eu vejo

ver

ver
ˈver
verbo transitivo
1.
perceber ou conhecer por meio dos olhos
2.
olhar para; contemplar; observar
3.
assistir a; presenciar
4.
reparar em; notar; divisar
5.
tomar cuidado com; atender a
6.
perceber; compreender
7.
ponderar
8.
deduzir
9.
prever
10.
imaginar
11.
visitar; percorrer
12.
conhecer
13.
experimentar
14.
examinar (um doente)
verbo intransitivo
possuir ou exercer o sentido da vista
verbo pronominal
1.
observar-se; mirar-se
2.
manter relação ou contacto
3.
encontrar-se; achar-se
4.
reconhecer-se
coloquial ver estrelas ao meio-dia
sofrer de repente uma grande dor
coloquial ver por um óculo
não conseguir o que desejava
coloquial ver-se e desejar-se
estar seriamente atrapalhado, ter muita dificuldade
coloquial (um) ver se te avias / (um) vê se te avias
1.
situação de aflição, urgência ou necessidade, que leva a fazer algo de forma apressada, atabalhoada ou sem cuidado
2.
agitação intensa; frenesi
a meu ver
segundo a minha opinião
até ver
por enquanto
fazer ver
explicar, vangloriar-se
coloquial ficar a ver navios
ficar logrado, não obter o que pretendia
coloquial não ver um boi
ser muito estúpido
ser bom de ver
ser evidente
ter a ver com
estar relacionado com, dizer respeito a
Do latim vidēre, «idem»
Como referenciar: Porto Editora – ver no Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-06-23 12:56:01]. Disponível em

PROVÉRBIOS

  • A beleza está nos olhos de quem a vê.
  • A gente vê caras, não vê corações.
  • À terra aonde fores ter, faz como vires fazer.
  • Aduba as terras, verás como medras.
  • Amor é chama que arde sem se ver.
  • Antes de morder, vê com atenção se é pedra, se é pão.
  • Antes que cases vê o que fazes, pois não é nó que desates.
  • Ao quinto dia verás que mês terás.
  • As coisas não são como são, mas como nós as vemos.
  • Bem cego é quem vê por aro de peneira.
  • Cada qual vê a moral e a sabedoria segundo a sua perspetiva: o peixe olha de baixo, o pássaro de cima.
  • Cada um vê mal ou bem, conforme os olhos que tem.
  • Cada um vê o argueiro no olho do vizinho e não vê a tranca no seu.
  • Cego é quem não quer ver.
  • Comadre andeja, não vou a parte que a não veja.
  • Das cerejas à castanha, bem a gente se amanha, do castanho ao cerejo, bem mal me vejo.
  • Deita-te tarde e levanta-te cedo, verás o teu mal e o alheio.
  • É mais cego o que não quer ver, do que aquele que nasce cego.
  • Entre março e abril o cuco há de vir.
  • Galinha rica, tudo que vê cobiça.
  • Madruga e verás, trabalha e terás.
  • Na casa se vê quem tem maleitas.
  • Na face e nos olhos se vê a letra do coração.
  • Na ocasião se vê o que cada um é.
  • Na prisão e no hospital, vês quem te quer bem e quem te quer mal.
  • Na terra onde fores ter, faz como vires fazer.
  • Não bebas coisa que não vejas, nem assines carta que não leias.
  • Não há pior cego do que aquele que não quer ver.
  • Não se deseja o que o olhar não veja.
  • No mês de janeiro sobe ao outeiro para ver o nevoeiro.
  • Nos olhos se vê quem tem lombrigas.
  • O mundo não vê, Deus é que nos conhece, ninguém é como parece.
  • O pior cego é aquele que não quer ver.
  • O que fala com os olhos fechados, quer ver os outros enganados.
  • O que os olhos não veem, o coração não deseja.
  • Obra começada não a veja tua sogra, nem tua cunhada.
  • Olho que vê, mão que pilha.
  • Olhos que não veem, coração que não sente.
  • Olhos que veem, coração que deseja.
  • Ouve, vê e cala, viverás vida folgada.
  • Pela aragem se vê quem vai na carruagem.
  • Pela Santa Marinha vai ver a tua vinha; como a achares, será a vindima.
  • Pelo fio tirarás o novelo e pelo passado o que está para vir.
  • Pelos favais verás os anos que terás.
  • Perdoa e verás, como fizeres assim acharás.
  • Pior cego é aquele que não quer ver.
  • Primeiro que cases vê o que fazes.
  • Quando nos montes vires jardins, estão perto os fins.
  • Quando vejo as barbas do vizinho a arder, ponho as minhas de molho.
  • Quem a cavalo passa a ponte, no olho vê a morte.
  • Quem dá o pão e não dá o castigo, não viu a sombra do paraíso.
  • Quem me vir e ouvir, guarde pão para maio e lenha para abril.
  • Quem muito se abaixa, o cu se lhe vê.
  • Quem não é visto, não é lembrado.
  • Quem não sabe, é como quem não vê.
  • Quem nunca viu o rei, julga-o de oiro.
  • Quem tem vinhas e não lagar, a seus olhos vê o mal.
  • Quem vê caras, não vê corações.
  • Quem vê o céu na água, vê os peixes nas árvores.
  • Quem vê os Três Reis Magos, não anda longe do Salvador.
  • Se bêbado te vires sentir, foge à companhia e vai dormir.
  • Se choras por perder o sol, as lágrimas não te deixarão ver as estrelas.
  • Se crês tudo que ouves, come tudo que vês.
  • Se queres ver o toleirão, mete-lhe uma candeia na mão.
  • Se queres ver um vilão, mete-lhe a vara na mão.
  • Terra que vejas, libras que possas, casa que baste.
VER +

CITAÇÕES

  • "A melhor maneira de prever o que está para vir, é lembrar o que já passou."George Savile
  • "Toda a gente é capaz de sentir os sofrimentos de um amigo. Ver com agrado os seus êxitos exige uma natureza muito delicada."Oscar Wilde
  • "Vejo é que, hoje, é possível a alguém criar entusiasmo por uma carreira capaz de entrar em competição com um grande amor."Salomão
  • "A verdade é como o Sol. Ela permite-nos ver tudo, mas não deixa que a olhemos."Victor Hugo
  • "É melhor morrer em combate do que ver ultrajada a nossa nação."Winston Churchill