enfisema

nome masculino
Presença de ar ou de outro gás nos tecidos.
enfisema gangrenoso ou gasoso
Forma de enfisema que surge nas regiões gangrenadas devido à produção de gás pelas bactérias infetantes.
enfisema mediastínico
Existência de ar no mediastino, geralmente como consequência de uma rotura broncopulmonar para o mediastino (pneumotórax ou fratura traqueal ou brônquica) e que, frequentemente, é detetado pela palpação de ar na região cervical (existência de enfisema subcutâneo).
enfisema pulmonar
Distensão irreversível do pulmão devido à presença de um volume excessivo de ar nos alvéolos (pequenos sacos terminais do aparelho respiratório) e consequente destruição dos septos interalveolares. O compromisso das funções dos alvéolos pulmonares (trocas gasosas com oxigenação do sangue e eliminação do anidrido carbónico sanguíneo) causa falta de ar (dispneia), cansaço fácil, podendo mesmo originar insuficiência respiratória mais ou menos grave e/ou insuficiência cardíaca com cor pulmonale crónico. Existem diferentes tipos e formas de classificação de enfisema pulmonar, consoante as suas causas e formas de aparecimento, de que são exemplo como classificação das formas de enfisema as seguintes: enfisema pulmonar crónico ou de distensão forma de enfisema devida a obstrução brônquica, e que pode surgir nas doenças crónicas que afetam os brônquios (bronquite crónica, asma brônquica). É a forma mais frequente de enfisema pulmonar e, conjuntamente com a bronquite crónica, constitui a entidade clínica denominada, genericamente, de doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC); enfisema bolhoso enfisema obstrutivo em que se verifica que os espaços alveolares alargados atingem dimensões de um ou mais centímetros, formando sacos (bolhas) sob tensão, de paredes muito finas e que comprimem o tecido pulmonar circundante, podendo ser únicos ou múltiplos; enfisema essencial ou idiopático forma de enfisema de origem parenquimatosa, e não brônquica, em que se verifica uma redução progressiva do tecido conjuntivo pulmonar com rotura dos septos interalveolares e confluência dos alvéolos; enfisema compensador enfisema originado por distensão do pulmão como forma de ocupar o espaço intratorácico correspondente a tecido pulmonar ressecado ou atelectasiado e não funcionante; enfisema senil enfisema consecutivo à atrofia fisiológica por involução senil do parênquima pulmonar.
enfisema subcutâneo
Infiltração gasosa do tecido celular subcutâneo, que surge como complicação de um traumatismo ou de uma cirurgia torácica, de um pneumotórax (presença anormal de ar na cavidade pleural) ou, mais raramente, de um acidente de mergulho.
Do grego emphñsema, -atos «insuflado»
Como referenciar: enfisema in Dicionário infopédia de Termos Médicos [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-08 11:02:20]. Disponível na Internet: