Amazónia

Vasta região da América do Sul formada pela bacia hidrográfica do rio Amazonas que, desde o sopé da cordilheira dos Andes até ao oceano Atlântico, percorre uma distância de 3700 km num leito cuja largura varia entre os 30 e os 50 km na época das cheias.
É uma região em que predomina o clima equatorial com chuvas permanentes, o que proporcionou o desenvolvimento da floresta virgem ou selva, a mais extensa do mundo. Esta floresta é constituída por um aglomerado de troncos e árvores de folhagem persistente, entrelaçadas por lianas e onde a luz do Sol a custo penetra. É o verdadeira habitat da haevea, árvore da borracha que ali vegeta espontaneamente; no entanto, já existem culturas científicas desta planta desde 1910. A borracha proveniente desta região é transportada pelo rio até Manaus e daí para o Pará, na foz do rio Amazonas, de onde é exportada para os Estados Unidos e para a Europa. É o "pulmão do mundo" devido à abundância da floresta equatorial, sendo esta região da maior importância para o equilíbrio ambiental do planeta, na medida em que aí se dá a produção de oxigénio em grande quantidade. A destruição da floresta da Amazónia é o problema ambiental mais importante desta região e está a ameaçar um dos recursos mais valiosos do mundo e a extinguir completamente certas espécies. Note-se que anualmente são destruídos cerca de oito milhões de quilómetros de floresta. Para ajudar a resolver este problema, as Nações Unidas realizaram a primeira Cimeira da Terra no Rio de Janeiro, em 1992.
A floresta é ainda, na sua maior parte, virgem, e nela habitam povos como os Tupis e os Guaranis.
A Amazónia abrange territórios pertencentes ao Brasil, à Venezuela, ao Equador, à Colômbia, ao Peru, à Bolívia, à Guiana e à Guiana Francesa.
Como referenciar: Amazónia in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-21 03:53:13]. Disponível na Internet: