Cascais

Aspetos Geográficos
O concelho de Cascais, do distrito de Lisboa, localiza-se a cerca de 25 quilómetros a oeste da capital e integra-se na Região de Lisboa (NUT II), na Grande Lisboa Norte (NUT III). Está situado junto a uma baía que tem o mesmo nome da vila e que é considerada um dos maiores ex-libris da região.
Cascais já foi um importante porto de pesca e a partir de meados do século XIX transformou-se numa elegante estância balnear.
O concelho está rodeado pelo oceano Atlântico a sul e a oeste, pelo concelho de Sintra a norte e pelo concelho de Oeiras a este.
Cascais ocupa uma área de 97,3 km2, na qual se distribuem seis freguesias: Alcabideche, Carcavelos, Cascais, Estoril, Parede e S. Domingos de Rana.
Em 2005, o concelho apresentava 178 985 habitantes.
O natural ou habitante de Cascais denomina-se cascalense.
Com um clima do tipo mediterrânico, esta região apresenta um verão com temperaturas não muito elevadas e um inverno suave.
História e Monumentos
Do património arquitetónico destacam-se o Castelo Medieval (séc. XIII), os Paços do Concelho (séc. XIX), a Igreja de Nossa Senhora da Assunção (séc. XVI), a Igreja da Misericórdia (séc. XVI), a Igreja de Nossa Senhora da Vitória, a Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes (sécs. XVII-XVIII), a Capela de Nossa Senhora do Porto Seguro (séc. XVII), a Capela de S. Sebastião (séc. XVIII), a Igreja de Santo António (Igreja Paroquial do Estoril) e a Capela de Nossa Senhora da Nazaré.
O Museu e a Biblioteca Condes de Castro Guimarães são outra referência cultural do concelho.
Tradições, Lendas e Curiosidades
Esta região teve um povoamento muito antigo, havendo muitos vestígios pré-históricos.
Realizam-se algumas festas como a Nossa Senhora da Conceição da Abóbada (8 de dezembro) em São Domingos de Rana; a Procissão da Nossa Senhora dos Navegantes (15 de agosto) em Cascais e a Procissão de Santo António (13 de junho) em Cascais.
O feriado municipal comemora-se a 13 de junho e o dia do município é celebrado a 7 de junho.
A Feira de Carcavelos (quintas-feiras), a Feira da Praça de Touros de Cascais (nos primeiros e terceiros domingos de cada mês), a Feira do Livro (julho e agosto) e a Feira do Artesanato (julho e agosto) são também eventos importantes neste concelho.
No artesanato destaca-se a cerâmica artística, usando esmalte e barro.
Economia
O turismo e os serviços são as principais atividades económicas deste concelho. Ao turismo estão muito associados o comércio e a indústria hoteleira.
A costa do Estoril, com as suas praias e o seu casino - o maior da Europa - atrai todos os anos muitos turistas. O topo das falésias da Boca do Inferno, com a sua vista, e a praia do Guincho, para os amantes do surf e do windsurf, são outros locais muito procurados.
A praia e a gastronomia (peixe e mariscos) são dois vetores fundamentais para a atividade turística da região, assim como para a própria economia do concelho. Cascais é um concelho maioritariamente ligado ao setor terciário, apresentando uma atmosfera cosmopolita.
Como referenciar: Cascais in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-04-15 14:57:40]. Disponível na Internet: