Catar

Geografia

País do Sudoeste da Ásia. Banhado pelo golfo Pérsico, ocupa uma pequena península, cujo istmo a separa da Arábia Saudita e dos Emiratos Árabes Unidos, e ainda algumas ilhas. Na sua totalidade, o território do Catar tem uma área de 11 586 km2. As principais cidades são Doha, a capital, com 718 000 habitantes (2004), Ar-Rayyan, Al-Wakrah e Umm Salal.
Clima

Apesar da situação litoral, o clima é desértico.

Economia

É um dos países da Península Arábica com maior PIB por habitante.
O país é conhecido pela criação de camelos de raça, uma atividade que se revela lucrativa para os beduínos. Até 1949, altura em que se começou a exportar petróleo, o Catar era uma sociedade tribal que vivia das pérolas apanhadas por mergulhadores, da pesca e da criação de camelos.

No norte do país existe uma jazida de gás natural que é considerada a mais importante do mundo. O subsolo é rico em minério, o que impede que a água seja potável, sendo utilizada somente para irrigação. A sul da capital encontra-se o principal porto de petróleo. Pensa-se que o campo petrolífero de Dukhan tem reservas suficientes para os próximos quarenta anos. Nos anos oitenta, o Catar atingiu o rendimento per capita mais elevado do mundo. Com a guerra entre o Irão e o Iraque e o mais recente conflito no golfo, o rendimento baixou, mas mesmo assim continua a ser bastante considerável. Os principais parceiros comerciais do Catar são o Japão, Coreia do Sul, Índia, China, Singapura, e os Emiratos Árabes Unidos.

População

Tem uma população de 2 194 817 habitantes (2015), grande parte da qual reside na capital. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 9.84%o e 1.53%o. A esperança média de vida é de 78.59 anos. Os habitantes estrangeiros, que ultrapassam a população autóctone, provêm de outros países árabes, da Índia e do Paquistão. Os muçulmanos sunitas são a religião predominante. A língua oficial é o árabe.

História

Os escritores falam do Catar desde o século X. A população descende das tribos migratórias que ali chegaram em 1730. O território foi invadido pelos Persas em 1783 e, mais tarde, tornou-se uma dependência do país vizinho, o Barém. Em 1888 ficou sob a influência inglesa, que levou ao poder os antepassados da atual família reinante. Os Turcos tiveram o país sob o seu domínio nos finais do século XIX, mas em 1916 o Catar tornou-se um protetorado britânico.

A tradicional monarquia do Catar declarou a independência a 3 de setembro de 1971, quando foi admitido na Liga Árabe e organizou o seu desenvolvimento à volta de um ambicioso programa de industrialização baseado na riqueza do petróleo e do gás natural. É um dos estados mais desenvolvidos do mundo árabe e continua a seguir os valores muçulmanos como o uso do trajo árabe.
Como referenciar: Catar in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-22 03:13:32]. Disponível na Internet: