Judas Iscariotes

Um dos doze apóstolos de Jesus Cristo, Judas era filho de Simão. Segundo reza a história bíblica, acreditada durante séculos, esteve presente na Última Ceia, de onde saiu, no entanto, para executar a sua traição, vendendo Cristo por 30 moedas aos seus inimigos. Para que estes reconhecessem Jesus entre os apóstolos, Judas traíu-O com um beijo. Desesperado pelo remorso, acabaria por se enforcar.
Em 2006, porém, outros dados foram revelados. Estudos feitos após a conclusão do restauro, tradução e análise de um manuscrito encontrado no Egito, em finais dos anos 70, conduziram à forte suspeita que esse documento é o próprio Evangelho de Judas e que, de acordo com o que aí está escrito, Judas não terá traído Jesus, mas sim terá sido incumbido por Ele da difícil tarefa de o entregar aos romanos para que fosse sacrificado.

Esta descoberta veio abalar "a verdade" secular conhecida até então e gerar polémica entre os mais crentes.
Como referenciar: Judas Iscariotes in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-25 00:56:17]. Disponível na Internet: