Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

O Livro de San Michele

Axel Munthe

Peregrinação

Fernão Mendes Pinto

1 min

Parsifal
favoritos

Parsifal (ou Parzifal) é um poema lírico da autoria do poeta alemão Wolfram von Eschenbach (1170-1220). É a sua obra-prima, como é também a obra-prima da literatura alemã antiga.

A personagem principal deste poema é o herói lendário, do ciclo arturiano, símbolo do cavaleiro sem mácula, Parsifal, eleito de Deus, que, graças à sua pureza e perseverança, vence os inúmeros obstáculos que tornam difícil e penosa a sua tarefa, e consegue conquistar o Santo Graal, que se encontrava encerrado no tabernáculo de Monsalvat.
Parsifal é também um drama musical da autoria do compositor alemão Richard Wagner (1813-1883), inspirado no poema lírico Parzival de Wolfram von Eschenbach.

A partitura, que tem páginas de rara beleza, consta de três atos: o primeiro é dedicado à cerimónia da Última Ceia; o segundo consta de dois quadros: o quadro das donzelas-flores e o da tentação de Parsifal; o terceiro ato contém as cenas da adoração, do batismo de Parsifal, da Madalena arrependida, a sinfonia da natureza calma e o final.
Parsifal é a última obra de Richard Wagner e também a sua obra-prima, dada a lume em 1882, ano anterior ao da morte do grande compositor.

Ler excerto da obra

 

Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Parsifal na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-02-24 09:50:09]. Disponível em

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

O Livro de San Michele

Axel Munthe

Peregrinação

Fernão Mendes Pinto