Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

Quéfren
favoritos

Este faraó era filho de Quéops e tomou o poder no Egito após a morte de Djedefre, seu irmão. Reinou aproximadamente entre 2558 e 2532 a. C. (afirmando o Papiro de Turim que o seu reinado durou de 20 a 30 anos), tendo sido o quarto governante da IV Dinastia. Uma das suas mulheres foi a sua irmã Khamerernebti I, com quem teve Miquerinos que lhe sucederia no trono. Casou também com Meresankh II, sua meia-irmã. Quéfren, cujo nome significa "o que aparece como Rè", adotou um dos nomes reais do seu irmão, o de sa Ra ou "filho de Rè" que daí em diante seria utilizado por todos os faraós.
Seguindo o exemplo de seu pai, construiu a segunda pirâmide do complexo de Gizé e todas as estruturas funerárias a ela associadas, como era hábito. A sua pirâmide é a mais bem preservada e parece ser a mais alta por ter sido construída numa elevação, tendo toda a estrutura construída por Quéfren instituído o modelo adotado para quase todos os complexos funerários do Império Antigo. Esta estrutura obedecia à construção de um templo do vale e um caminho que conduzia ao templo funerário que se situava ao lado da pirâmide. Pensa-se que a Esfinge tenha sido esculpida com as suas feições para o glorificar, pois esta situa-se perto do templo do vale e do caminho de lajes do complexo funerário de Quéops. Neste templo do vale, construído em granito, encontraram-se várias estátuas do rei, entre as quais se destaca uma que se encontra no Museu Egípcio do Cairo. Esta foi feita em diorite proveniente das chamadas "pedreiras de Quéfren" (Núbia) e representa o faraó sentado com o falcão de Hórus na nuca. A magnificência e sumptuosidade tanto do complexo funerário como das estátuas atesta a prosperidade que se viveu durante o seu reinado
Esfinge e Pirâmide de Quéfren (IV Dinastia), no Planalto de Gizé, Cairo
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Quéfren na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-05-28 17:25:32]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe