MOMENTOS WOOK - 20% de desconto em todos os livros

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

2 min

Tarzan
favoritos

Personagem de extraordinária popularidade criada pelo escritor norte-americano Edgar Rice Burroughs em 1912, numa história publicada na imprensa periódica. Em 1914 sairia a primeira história em livro, intitulada Tarzan of the Apes (Tarzan dos Macacos). No total, o ciclo atingiria perto de 30 volumes, conhecendo-se traduções em várias dezenas de idiomas.
Sendo Tarzan ainda criança, um naufrágio lança-o, com os pais, na costa africana. Os pais morrem e Tarzan é adotado por uma macaca que acaba de perder uma cria. Crescendo entre os macacos, a personagem nada sabe dos usos e costumes civilizados, nem da sua própria identidade de inglês e aristocrata. Vem a descobri-los em contacto com um grupo de exploradores da selva, acabando por assumir o seu título de Lord Greystoke e o seu nome de batismo, John Clayton. Porém, nunca se consegue adaptar à vida na civilização, voltando sempre para a selva.
A história do homem que domina as feras com a sua coragem, a sua força e a sua astúcia presta-se a uma diversidade de interpretações. Enquanto vinca a superioridade humana sobre as bestas e o ambiente inóspito, revela também a dimensão agressiva do homem. Por outro lado, se a história contém um argumento de fundo colonialista - porque o indivíduo em causa é um branco no continente negro -, mostra um herói que, graças a um sentido inato de justiça, respeita a integridade de África, não permitindo a sua exploração desenfreada por parte do homem branco.
Capa de "Tarzan", uma edição em banda desenhada da Editorial Futura, 1986
Como consequência do sucesso dos romances de Burroughs, Tarzan foi herói da rádio, da banda desenhada e do cinema. A primeira adaptação cinematográfica foi produzida logo em 1918, ainda no tempo do cinema mudo, tendo como protagonista Elmo Lincoln. Outros atores foram assumindo o papel, de entre os quais o mais célebre é certamente Johnny Weissmuller, um antigo campeão olímpico de natação que protagonizou doze filmes nos anos 30 e 40. Mais recentemente, em 1984, a ficção de Burroughs foi objeto de uma adaptação notável de Hugh Hudson, protagonizada por Christopher Lambert, com o título Greystoke: The Legend of Tarzan, Lord of the Apes (Greystoke, a Lenda de Tarzan). O Homem-Macaco também foi alvo de uma longa-metragem de animação produzida pelos Estúdios Disney: Tarzan (1999) contou com vozes de atores consagrados como Minnie Driver, Glenn Close, Rosie O' Donnell, Nigel Hawthorne e Brian Blessed e uma magnífica partitura da autoria de Phil Collins que popularizaria o tema "You'll Be in My Heart".
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Tarzan na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-05-28 08:48:13]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe