Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

terceira idade
favoritos

Etapa da vida de um indivíduo que tem o seu início, dependendo da cultura e do desenvolvimento da sociedade em que o mesmo se insere, por volta dos 60-70 anos.
Pensa-se que a expressão terá tido origem numa das mais conhecidas divisões da idade do Homem (infância, maturidade e velhice), imortalizada num dos quadros mais famosos de Ticiano, "As Três Idades do Homem", de 1511.
O envelhecimento constitui um processo universal, inerente a todos os seres vivos, e, no caso particular do ser humano, envolve, pelo menos, três aspetos fundamentais: biológico, social e psicológico.
Com o avançar da idade, existe uma maior propensão para a hipertensão
As patologias ósseas e articulares são muito comuns na terceira idade
A visão e a audição são dois dos sentidos mais afetados pelo envelhecimento
A prática de atividades relaxantes e o convívio conduzem a uma melhoria substancial da qualidade de vida dos mais idosos
Na terceira idade, é essencial a prática de exercícios que mantenham desperta a concentração, como, por exemplo, os puzzles
Os jogos de cartas, muito apreciados pelos mais velhos, são uma excelente forma de manter ativos o cálculo mental e a memória
"As Três Idades do Homem", óleo sobre tela de Ticiano, 1511, exposto na National Gallery of Scotland, em Edimburgo
A solidão é muito frequente entre as pessoas mais velhas
Em conjunto, estas três componentes influenciam decisivamente a capacidade de adaptação ao meio ambiente do ser humano, contribuindo para o declínio progressivo das suas aptidões físicas e psicológicas.
A pessoa torna-se, consequentemente, mais vulnerável a determinadas situações - como, por exemplo, o decréscimo gradual da capacidade de concentração, da memória e da coordenação física - que podem, por sua vez, conduzir à diminuição da autoestima, desmotivação e isolamento social.
Nestas faixas etárias são comuns as alterações metabólicas e a diminuição da eficácia do funcionamento de alguns órgãos, surgindo mais frequentemente distúrbios relacionados com insuficiências cardíacas e musculares, ossos e articulações, doenças vasculares e metabólicas.
Para conseguirem lidar o melhor possível com o envelhecimento, de forma a manter a independência e a prevenir a incapacidade, é importante que as pessoas, desde cedo, adotem hábitos de vida saudáveis, adequados a cada faixa etária e perfil do indivíduo, como:
. uma alimentação racional e variada;
. a prática de exercício físico regular;
. a rejeição de hábitos nocivos como o tabagismo e o consumo de drogas;
. a toma disciplinada e personalizada de medicamentos, evitando a automedicação;
. a consolidação de uma estrutura afetiva que lhe possa servir de apoio emocional, participando em reuniões, festas e outro tipo de convívio, com amigos e familiares;
. e a adaptação do ambiente doméstico às suas capacidades físicas, com o fim de evitar quedas ou outros acidentes.
Graças ao progresso tecnológico e ao avanço da Medicina, tem-se assistido a uma crescente melhoria da qualidade de vida dos idosos, sendo também evidente o aumento gradual da média de esperança de vida, sobretudo nos países ditos desenvolvidos ou em vias de desenvolvimento.
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – terceira idade na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-04-16 17:51:46]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe