bom

bom
ˈbõ
feminino: boa
adjetivo
1.
que é conforme ao uso a que é destinado; próprio
2.
de boa qualidade
3.
que tem bondade
4.
competente; eficiente
5.
vantajoso
6.
agradável
7.
útil
8.
saudável
9.
saboroso
10.
que funciona bem
11.
perfeito
12.
virtuoso; nobre
13.
seguro; garantido
14.
calão que é muito atraente, que é bem-feito
nome masculino
1.
homem bondoso
2.
gíria académica classificação escolar entre o suficiente e o muito bom
bom!
exclamação que exprime desaprovação/censura ou que introduz algo que se vai dizer a seguir
às boas
amigavelmente
dizer das boas a
repreender de forma enérgica; dizer umas verdades
do bom e do melhor
da mais alta qualidade, de categoria
escapar de boa
escapar de algo mau (cilada, traição, acidente)
coloquial essa é boa!
expressão usada ironicamente para exprimir desagrado ou indignação
coloquial na/numa boa
sem problemas; descontraidamente
Do latim bonu-, «idem»
Como referenciar: bom in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-21 08:14:43]. Disponível na Internet:

PROVÉRBIOS

  • A bom bocado bom grito ou bom suspiro.
  • A bom capelão, melhor sacristão.
  • A bom entendedor, meia palavra basta.
  • A fome não faz bom cabelo.
  • A má companhia torna o bom mau e o mau pior.
  • A passo e passo anda-se por dia um bom bocado.
  • A vaca do vilão se de inverno dá bom leite, melhor dá de verão.
  • Água fria e pão quente, nunca fizeram bom ventre.
  • Amigo de bom tempo, muda-se com o vento.
  • Amigos, poucos e bons.
  • Amor de libertina e vinho de frasco pela manhã bom, à tarde gasto.
  • Amor sem dinheiro não é bom companheiro.
  • Anda de teu amo ao sabor, se queres ser bom servidor.
  • Antes perder um bom dito que um amigo.
  • Ao bom darás e do mau te afastarás.
  • Árvore ruim não dá bom fruto.
  • Atrás de mim virá, quem de mim bom fará.
  • Bate no bom e ele melhora, bate no mau e ele piora.
  • Bem sabe o bom bocado, se não custa caro.
  • Boas contas, bom crédito.
  • Bom abade, missa à tarde.
  • Bom amigo é o gato, se não arranha.
  • Bom ano de pão, mau ano de pão; as colheitas o dirão.
  • Bom companheiro é o dinheiro.
  • Bom conselho desprezado, há de ser muito lembrado.
  • Bom coração quebranta má ventura.
  • Bom de convidar, mau de fartar.
  • Bom é ferir o soberbo quando está só.
  • Bom é Deus e está fechado no sacrário.
  • Bom é saber calar até chegar a oportunidade de falar.
  • Bom é ter amigos nem que seja no inferno.
  • Bom estrume e bom lavor traz tudo num primor.
  • Bom exemplo, meio sermão.
  • Bom livro, bom amigo.
  • Bom nome é melhor que riqueza.
  • Bom rei, se queres que vos sirva, dai-me de comer.
  • Bom silêncio vale mais do que má pergunta.
  • Bom vinho, bom vinagre.
  • Bom vinho faz bom sangue.
  • Bom vinho, má cabeça.
  • Cada boa árvore que se planta é um bom legado que se deixa.
  • Cada galo canta no seu poleiro e o bom no seu e no alheio.
  • Cão bom não ladra em falso.
  • Cavalo bom não quer espora.
  • Chuva miúda e neve aturada, são bom alimento de terra lavrada.
  • Com melão vinho bom, com melancia água fria.
  • Com raposa é bom ser manhoso.
  • De algodão velho não se faz bom pano.
  • De amigo reconciliado e de caldo requentado, nunca bom bocado.
  • De boa semente, bom fruto.
  • De bom madeiro, boa acha.
  • De cunhado, nunca bom bocado.
  • De Espanha nem bom vento, nem bom casamento.
  • De graça só se dá "bom dia".
  • De inimigo reconciliado, nunca bom bocado.
  • De linho mordido, nunca bom fio.
  • De mau grão, nunca bom pão.
  • De Todos os Santos ao Natal, bom é chover e melhor nevar.
  • Depois de mim virá quem de mim bom fará.
  • Diz o rifão que da terra negra sai bom pão.
  • Dos bons bom penhor, dos maus não fiador.
  • Duro com duro, não faz bom muro.
  • É bom caseiro o que rega o lameiro.
  • É bom esperar para também conseguir.
  • É bom ladrão quem rouba a ladrão.
  • É bom ser o que se quer parecer.
  • Em ano bom o grão é feno e no mau a palha é grão.
  • Em pequena caixa está bom unguento.
  • Estômago agradecido, não é bom amigo.
  • Faz bem ao bom e haverás galardão.
  • Fica sempre o rifão e o bom conselho não.
  • Figo para ser bom deve ter pescoço de enforcado, roupa de pobre e olho de viúva.
  • Filho aborrecido nunca recebe bom castigo.
  • Filho bastardo muito bom ou muito velhaco.
  • Gaivotas em terra sinal de bom tempo.
  • Galinha velha, faz bom caldo.
  • Galo bom nunca foi gordo.
  • Gato miador não é bom caçador.
  • Homem assinalado, ou muito bom ou muito bravo.
  • janeiro molhado, se não é bom para o pão, não é bom para o gado.
  • maio frio, junho quente, bom pão, vinho valente.
  • Mais anda quem tem bom vento do que quem muito rema.
  • Mais vale bom vagar que má pressa.
  • Não é bom fugir em socos.
  • Não há boa terra sem bom lavrador.
  • Não se é bom juiz em causa própria.
  • Nem de malva bom vencelho, nem de esterco bom odor, nem de moço bom conselho, nem de prostituta bom amor.
  • Nem de sabugueiro bom vencelho, nem de cunhado bom conselho.
  • Nem de sobreiro bom vencelho, nem de cunhado bom conselho.
  • Ninguém é bom juiz em causa própria.
  • O bom mosto salta ao rosto.
  • O bom pagador herdeiro é do alheio.
  • O bom pagador não receia a pena.
  • O bom pai ame-se e o fraco sopre-se.
  • O bom pano na arca se vende.
  • O bom passadio faz o homem sadio.
  • O bom saber é calar até ser tempo de falar.
  • O bom vinho arruína a bolsa e o mau o estômago.
  • O bom vinho faz bom sangue.
  • O que é bom depressa acaba.
  • O que é bom para o ventre é mau para os dentes.
  • O sono é bom conselheiro.
  • Para boa colheita, pede bom tempo a Deus, pelas têmporas de S. Mateus.
  • Para bom entendedor, meia palavra basta.
  • Para bom mestre não há má ferramenta.
  • Pelo São Martinho, todo o mosto é bom vinho.
  • Perro lavrador, nunca bom caçador.
  • Por um bom dito se pode perder um amigo.
  • Poucas leis, bom governo.
  • Pouco comer, pouco rezar e não pecar levam a gente a bom lugar.
  • Quando não chove em fevereiro, nem bom prado, nem bom centeio.
  • Quando tosse o prior, bom é o sermão.
  • Quem ao ano andou e aos dois falou, bom leite mamou.
  • Quem leva bom presente, bate rijo à porta.
  • Quem maltrata um animal, não é de bom natural.
  • Quem planta boa árvore, bom legado deixa.
  • Quem quiser bom conselheiro, consulte o travesseiro.
  • Quem tem bom vizinho, não teme arruído.
  • Quem tiver bom vinho, não o dê ao seu vizinho.
  • Ruim árvore nunca deu bom fruto.
  • Se queres bom conselho, pede-o a homem velho.
  • Se queres ser bom juiz, ouve o que cada um diz.
  • Só se faz bom queijo com bom leite.
  • Sol e boa terra fazem bom gado, que não pastor afamado.
  • Tão bom é o ladrão como o que fica ao portão.
  • Toma em rapaz bom caminho, segui-lo-ás em velhinho.
  • Trovoada em janeiro, nem bom prado, nem bom palheiro.
  • Um bom conselheiro alumia como um candeeiro.
  • Vasilha de pinho não faz bom vinho.
  • Vinha posta em bom compasso, ao primeiro ano dá agraço.
VER +

CITAÇÕES

  • "Não estimes o dinheiro nem mais nem menos do que ele vale; é um bom servidor e um péssimo amo."Alexandre Dumas (filho)
  • "Um bom livro é um bom amigo."Bernardin de Saint-Pierre
  • "Um bom mestre tem sempre esta preocupação: ensinar o aluno a desenvencilhar-se sozinho."E. M. Forster
  • "Mais vale um bom amigo do que um tesouro que deixarias encher-se de bolor em qualquer buraco."Menandro
  • "A leitura de todos os bons livros é uma espécie de conversa com as pessoas mais sérias dos séculos passados."René Descartes
  • "Mais vale ter bom nome do que grandes riquezas."Salomão
  • "Todas as riquezas do mundo não valem um bom amigo."Voltaire
  • "Nunca cedas exceto a convicções de honra e bom senso."Winston Churchill