seca

se.ca
ˈsɛkɐ
nome feminino
1.
ato ou efeito de secar, de perder ou fazer perder a humidade ou a água; secagem
2.
METEOROLOGIA ausência prolongada de chuva; persistência de tempo seco, estiagem continuada
3.
carência de água
4.
figurado carência prolongada de algo agradável ou desejável
5.
figurado aquilo que aborrece ou enfada; chatice, estopada
6.
Brasil coloquial má sorte
7.
Brasil coloquial conversa informal; bate-papo
8.
Brasil coloquial postura cerimoniosa; formalismo
nome de 2 géneros
coloquial pessoa maçadora; chato
seca agrícola
fenómeno resultante do desequilíbrio entre a água disponível no solo, a necessidade das culturas e a transpiração das plantas
seca hidrológica
fenómeno que se verifica quando, associada à diminuição da água disponível no solo, se dá uma redução dos níveis médios de água nas barragens e reservatórios
seca meteorológica
fenómeno resultante da diminuição da precipitação em relação ao valor normal para determinada região, que se caracteriza pela falta de água induzida pelo desequilíbrio entre precipitação e evaporação
seca socioeconómica
fenómeno que resulta do desequilíbrio entre o fornecimento e a procura de recursos hídricos, com consequências negativas (económicas, sociais, etc.) sobre grupos populacionais
Derivação regressiva de secar
ANAGRAMAS
seca
adjetivo feminino singular de seco
forma do verbo secar
3.ª pessoa do singular do presente do indicativo
ele, ela, você seca
2.ª pessoa do singular do imperativo
seca tu
Porto Editora – seca no Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-01-23 22:38:36]. Disponível em

PROVÉRBIOS

  • Invernia em janeiro e seca em abril, deixa o lavrador a pedir.
  • inverno de março e seca de abril, deixam o lavrador a pedir.
VER +